Buscando minha essência

Quando foi a última vez que me permiti estar na natureza de corpo e alma? Quando foi que fiz uma coisa que me deixou suspirando de alegria, extasiada de prazer – seja este prazer algo simples como tomar um sorvete? Quando tirei meus sapatos e deixei meus pés em contato com a terra (ou a areia da praia)? Quando olhei pro céu, e conversei com as nuvens ou com as

O Quartzo Faden e as Iniciações

Quantas de nós passamos por momentos em que nos sentimos fragmentadas, quebradas… Em que nos resta apenas a fé (se se resta). Momentos em que nos encontramos encurraladas por nós mesmas e nossos próprios paradigmas, contratos, limitações, medos, angústias (sendo predadoras da nossa própria psique). Momentos em que nos damos conta de que nos permitimos sermos invadidas por situações, pessoas, sentimentos, pensamentos que nos sugam e nos destroem pouco a